• Jornal Barcarena

Professor de Barcarena faz artigo na UFPA sobre as mulheres pesqueiras da Ilha Arapiranga



O professor de história da rede municipal de Barcarena, Enos Sarmento, de 27 anos, teve um artigo acadêmico selecionado para apresentação e publicação no XV Encontro Nacional de História Oral promovido pela AMPUH e UFPA.



Trata-se de parte da especialização de Enos, em História da Amazônia, cursado na FIBRA - Faculdade Integrada Brasil Amazônia. "O tema trata de um estudo de caso das mulheres que desenvolvem o ofício da pesca de camarão na Ilha de Arapiranga", explica Enos.


O trabalho dá ênfase às mulheres da família Moraes, residentes no Rio Cutajú-Açu, território do município de Barcarena.



"Decidi abordar o tema, pois além do mesmo potencializar a causa amazônica, dará margem para que as mulheres amazônidas, sobretudo as Barcarenenses, possam ser conhecidas pelo seu empoderademento", disse o professor.


"Também pelo respeito e autoridades que exercem no seu espaço de trabalho, através do seu ofício que já se estende por cerca de três gerações", ressaltou Enos.


Para o professor, a publicação do trabalho foi motivo de imensa alegria. "O sentimento de fazer um trabalho que envolva Barcarena, sobretudo da região das Ilhas, tão pouco explorado, é de gratidão, pois alguns trabalhos sobre Barcarena já foram desenvolvidos, mais sem dúvida este estudo de caso só irá fomentar e somar posteriores pesquisas sobre nossas ilhas".



O processo da pesquisa durou cerca de quatro meses, utilizando a oralidade como principal ferramenta da pesquisa, na qual Enos se deslocou várias vezes até a ilha de Arapiranga (campo de pesquisa).


O objetivo, reunir o máximo de informações com entrevistas gentilmente cedidas pelas mulheres alvo da pesquisa. "Viva as mulheres amazônidas!", comemorou o professor.

1,211 visualizações