• Jornal Barcarena

Patrimônios históricos de Barcarena são visitados pelo governo do estado


No dia Nacional do Patrimônio Histórico, dia 17 de agosto, Barcarena recebeu várias visitas importantes para a preservação dos seus patrimônios. Na verdade, desde o dia 16, a equipe técnica do Departamento Histórico, Artístico e Cultural da Secretaria Estadual de Cultura, estiveram na cidade. A visita foi acompanhada do Departamento Histórico da Secult de Barcarena.


A equipe visitou o Setor de Tombamento e Preservação da Secretaria de Cultura de Barcarena, as ruínas do Casarão do Cafezal; conheceram o trabalho em argila da Associação Natureza e Arte. Conheceram o Mestre Cardoso, o Mestre João e a dona Sônia. Depois foram para a Vila do Conde onde foram recebidos pelo Pároco da Paróquia São José Trabalhador, Padre Milton de Souza, pelos comunitários e por representantes da Vereadora Rozilda Ribeiro. O objetivo principal da equipe foi conhecer a Igreja São João Batista para ser dado seguimento ao processo de tombamento pelo estado. Desde 1998 que iniciou-se o processo que ainda não foi concluído.



Segundo a diretora do DPHAC estadual, Lucineide Azevedo, o processo de tombamento será retomado. "Há muitos processos parados que não iniciaram o estudo para o tombamento e o da Igreja era um deles. Devido a importância histórica dela para o estado, já que ela foi a segunda Igreja a ser construída pelos Jesuítas, depois da de Vigia, resolvemos dar celeridade ao processo de tombamento pelo estado desta Igreja", disse.

A equipe também visitou a Vila de São Francisco, lugar de importância histórica para o estado do Pará por ter sido umas das primeiras missões jesuíticas. Visitaram os redores da Igreja, o Cemitério, e conversaram com o Senhor Palito, morador antigo da Vila. Segundo a diretora do DPHAC municipal, Eliane Alfaia, com essa visita se estreitam os caminhos para articular politicas públicas para a salvaguarda dos patrimônios de Barcarena. "Estamos muito confiantes que eles vão concluir o estudo histórico para a igreja ser tombada pelo estado. Conseguirmos os técnicos e responsáveis para a preservação deste templo", disse.



Igreja de São João Batista - Vila do Conde


Na Vila do Conde existe a Igreja de São João Batista, considerada o "marco zero" da história barcarenense. Foi construída pelos índios e negros, sob o comando dos jesuítas. Foi inaugurada no ano de 1653, sendo a pedra fundamental da missão dos Mortiguara. Com o passar do tempo, várias partes do templo foram de desgastando. Uns estão em estado crítico e precisam de reparos. A igreja já é tombada pelo município como Patrimônio Histórico de Barcarena. Aguarda agora o processo do Governo do Estado e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.


Com informações de Eliane Alfaia

Fotos: Eliane Alfaia

74 visualizações