• Jornal Barcarena

Número de passageiros em viagens de Barcarena a Belém de barco cai pela metade


Com a pandemia do coronavírus pelo Estado do Pará e também em Barcarena, as viagens de barco para Belém sofreram uma baixa na procura de passageiros. Mas isso não significa que vai parar as viagens. Com o decreto do governador Helder Barbalho, do cancelamento de viagens interestaduais, muitos pensaram que as viagens a Belém iriam parar.


Segundo Raquel Ferreira, da empresa Amazonat, as lanchas estão saindo com menos da metade da lotação. “Houve bastante diminuição. Durante a semana conseguimos manter os horários, mas tem dia que não, pois caiu mais que a metade. Tem barco que sai com 3, 15 e 20 passageiros”, disse.


Raquel informa que estão tomando medidas protetivas dentro dos barcos. “Estamos cumprindo as orientações da Arcon, esterilizando os corrimões, estamos orientando para que uma pessoa sente distante da outra”, disse.


As embarcações não podem parar, já que muitos médicos que trabalham em Barcarena vem de Belém. Mas a Secretaria Municipal de Saúde de Barcarena solicita a diminuição de passageiros por embarcação, para evitar aglomeração.


Segundo a funcionária Raquel, só o que não diminuiu foi o número de idosos viajantes. Já que eles estão entre as pessoas de risco ao Covid-19, deveriam ficar em casa, coisa que não está acontecendo em Barcarena, continuam viajando.


O passe estudantil está suspenso por tempo indeterminado, pelo decreto municipal, já que as universidades e faculdades de Belém também estão com aulas canceladas.


0 visualização