• Jornal Barcarena

Ministério Público instaura inquérito para investigar acidente com balsa que virou em Barcarena


Foto: MPPA

A promotoria de Justiça de Barcarena instaurou inquérito civil para investigar o acidente com uma balsa da empresa SC Transportes LTDA ocorrido na última sexta-feira, dia 25, no rio Mucuruçá, em Barcarena. O acidente resultou no derramamento de uma carga de 1.555 toneladas de fertilizante no rio Mucuruçá. O porto onde ocorria o carregamento da carga de fertilizante não tinha licença de operação. Segundo informações do proprietário do empreendimento a licença ainda estaria em tramitação na Secretaria de Meio Ambiente do Estado (Semas).


A balsa ainda estava atracada no porto quando virou. Após a maré começar a secar o comandante solicitou que a embarcação fosse retirada da posição em que estava e colocada às margens do rio. Porém, a manobra não foi autorizada por um funcionário do porto que alegou que a documentação de liberação não estava pronta. Com a maré secando, a balsa ficou desequilibrada e virou derramando a carga de fertilizante no rio. A carga pertence à empresa Tocantins e tinha como destino o porto da Cargil, em Santarém.


Uma equipe de Policiais Civis da Divisão Especializada em Meio Ambiente também se deslocou até o porto onde o acidente ocorreu. A Dema intimou todos os envolvidos no acidente, entre eles, o comandante da embarcação, tripulantes, responsáveis pelo porto e o proprietário da balsa. No momento da diligência também havia uma equipe da Capitania dos Portos no local, realizando um levantamento prévio e verificando a documentação das embarcações.


Por G1 PA

57 visualizações