• Jornal Barcarena

Hospital São José se chamará Centro Médico Adventista de Barcarena a partir de segunda


Foto: Facebook São José

A partir desta segunda-feira (3), o Hospital Adventista de Belém (HAB) assume efetivamente a gestão do Hospital São José, em Barcarena. A mudança na administração, resultado de uma parceria firmada no início do ano com a Albras e Hydro Alunorte, pretende garantir maior qualidade aos serviços médicos oferecidos aos empregados das empresas, familiares e população em geral.



Com a chegada do HAB, a unidade de saúde passará a se chamar Centro Médico Adventista de Barcarena (CMAB). Os usuários que utilizavam os serviços do Hospital São José continuarão a contar com atendimento de urgência e emergência em clínica médica e pediatria 24 horas, além de diagnósticos com laboratório clínico e centro de exames por imagem.


Foto: Ascom Hydro

Gradativamente, ao longo do ano serão oferecidos novos serviços aos usuários.

Os novos administradores já firmaram parcerias para manter os contratos atuais das operadoras de planos de saúde e encaminharam negociações para credenciamento de novos planos com a unidade de Barcarena. A intenção é manter a assistência médica atualmente prestada à comunidade do município.


Uma das novidades imediatas do CMAB é a implantação das ações de humanização de acordo com o Protocolo de Manchester, caracterizado pela postura ética na recepção e em todo o reconhecimento no processo de saúde e adoecimento de um paciente.



Além disso, o centro médico já está habilitado a manter pacientes em observação, sempre que necessário, por período de até 24 horas, e deverá encaminhar os pacientes mais graves diretamente para internação no Hospital Adventista de Belém ou outros serviços, quando necessário.


Uma outra frente de atuação do HAB prevê a implementação, nos próximos meses, de programas de prevenção e promoção de saúde realizados com comunidades locais de Barcarena.



O centro médico já possui leitos de observação na área de emergência adaptados para atendimento transitório de pacientes com suspeita de Covid-19. Os pacientes com sintomas mais severos, como dificuldades respiratórias que exijam oxigenação, por exemplo, serão encaminhados o mais precocemente possível para os hospitais de referência de cada operadora em Belém.


Por Ascom Hydro

1,440 visualizações0 comentário