• Jornal Barcarena

Helder e investidores russos tratam sobre investimentos portuários em Barcarena


Foto: Marco Santos / Ag.Pará

Por meio de videoconferência na manhã desta terça-feira (20), o governador do Estado, Helder Barbalho, participou de reunião com investidores russos para celebrar, em breve, um protocolo de intenções com objetivo de potencializar investimentos direcionados à primeira Zona de Processamento de Exportações (ZPE) do Pará, em Barcarena, nordeste do Estado.


"Nós estamos buscando investidores que queiram apostar no Estado para suas atividades e, particularmente, este investimento russo na área portuária agrega valor para o porto de Barcarena. Essa é a perspectiva para nós consolidarmos a ZPE, a tão importante zona franca para área de Barcarena, que certamente atrairá diversas outras operações empresariais, gerando emprego e desenvolvimento para região", frisou o governador Helder Barbalho.



Durante a reunião, o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec), Lutfala Bitar, informou a disponibilidade de área para investimento no Distrito Industrial de Barcarena, reforçando o papel da Companhia em colaborar para a viabilização dos negócios.


"Dentro da área industrial de Barcarena, há disponibilidade de área de cerca de 400 hectares, que poderá perfeitamente atender esse projeto. Nesse caso, o empreendimento ficaria instalado a apenas cerca de 10 km do porto de Vila do Conde", explicou ele.



De forma prática, a ideia para ZPE do Estado é criar uma área especial de livre comércio para a intensificação das exportações de produtos paraenses, a partir do porto de Vila do Conde, uma das principais rotas de escoamento da produção paraense, situado nas proximidades do Distrito Industrial do município.


"A ideia é fazer um grande porto na região, além do que já existe hoje, mas também fazer desse porto o âncora da ZPE (Zona de Processamento de Exportação). O governador Helder Barbalho já colocou o Estado a disposição para fazer essa construção e foi criado um grupo de trabalho com a secretaria russa e a secretaria de portos para dar andamento ao projeto. Futuramente, assinaremos um protocolo de intenções e mais à frente, teremos a materialização desses investimentos. Todos esses investimentos são para o povo do Estado, gerando emprego e renda para a sociedade paraense", destacou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, José Fernando Gomes Jr.


Por Agência Pará

347 visualizações0 comentário