• Jornal Barcarena

Começa a construção da nova Igreja Matriz de Barcarena

Atualizado: Jan 6


Iniciou oficialmente no dia 30 de dezembro de 2019, a construção da nova Igreja Matriz de Barcarena. Homens e máquinas trabalham no local para o processo de limpeza e derrubada do que ainda está de pé do templo. As obras eram esperadas com ansiedade pelos católicos barcarenenses que estão há quase dois anos sem seu espaço de atividades religiosas, as realizando no centro de eventos paroquial.


Confira o que disse o padre e a empresa responsável pelas obras iniciais



O problema da igreja


A Igreja foi interditada desde o dia 15 de abril de 2018, quando um princípio de incêndio assustou os fiéis que estavam na missa das 18h. Vistorias elétricas foram feitas, mas problemas maiores foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.


Um dos cartões postais mais belos de Barcarena, a Igreja Matriz de Nossa Senhora de Nazaré, na sede do município, ofereceu riscos de desabamento. A notícia foi anunciada em uma coletiva de imprensa, no dia 31 de maio de 2018, ainda na administração do padre Márcio Baía.



Com isso, agentes do Demutran realizaram no dia 11 de setembro de 2018, o isolamento da Igreja Matriz, colocando faixas de sinalização nas vias do entorno do prédio. O procedimento foi necessário já que o risco de desabamento aumentava com a Igreja sem o teto. Deu-se início então ao desmonte do templo, com a retirada das telhas, forro, janelas e derrubada das paredes.



Em outro momento, o bispo da Diocese de Abaetetuba, Dom José Maria, anunciava em uma missa de crisma, seu desejo para Barcarena, de não construir mais uma igreja matriz, e sim, um Santuário. No início de 2019, na troca de padres entre os municípios, assumiu a Paróquia São Francisco Xavier, o padre Idaltino dos Prazeres, com a missão de construir a igreja.

Já na administração de Idaltino, em 15 de junho de 2019, ocorreu a apresentação do projeto arquitetônico do santuário, projetado pelo arquiteto sacro Eduardo Faust. Na cerimônia, a pedra fundamental da igreja foi enterrada no centro da assembleia onde era a antiga matriz.



Uma pedra de mármore que guardou dentro, o nome de milhares de católicos de Barcarena que assinaram uma lista. Também guardou uma foto do círio, um jornal do dia, moedas do ano, terço, medalhas, crucifixo, além da assinatura das autoridades.


O santuário

O templo é uma obra luxuosa, suntuosa e ousada. Terá dois andares, onde o primeiro terá a administração da igreja, capelas, auditório, elevador, dentre outros. Terá uma grande escadaria na frente do templo que levará ao Santuário que é todo cheio de significados em igrejas suntuosas pelo mundo.



Sua frente preservará os três arcos da antiga igreja, terá imagens de santos católicos na frente e várias capelas dentro. Por fora terá doze pilares com cruz, que significam as doze tribos de Israel, além de um cúpula gigantesca que elevará uma enorme cruz, rodeada de outros doze pilares com cruz, remetendo aos 12 apóstolos de Jesus.


A Igreja contará com capela mortuária, uma imagem de Jesus entre a cúpula e o altar, ligando o céu com a terra. O Santuário Paroquial promete ser totalmente iluminado, e quem chegar em Barcarena através dos rios e das estradas poderá ver de longe a igreja.


Uma conta corrente está a disposição de todos que quiserem contribuir na construção do santuário.


Conta corrente Banpará:

Agência: 056

Conta: 577058-0

A antiga igreja



A Igreja Matriz era o templo central de encontro dos católicos da Paróquia São Francisco Xavier. Foi construída na década de 60. Era nela que chegava a maior manifestação religiosa de Barcarena, o Círio de Nazaré, no segundo domingo de novembro. Também nela que saía o Círio do padroeiro da cidade, São Francisco Xavier.

414 visualizações