• Jornal Barcarena

Círio de Nazaré leva 25 mil pessoas pelas ruas de Barcarena

Atualizado: 11 de Nov de 2019


Foto: Glauber Santos

Por volta de 6h os católicos de Barcarena anunciaram que estavam prontos para mais um círio com cerca de 20 minutos de fogos de artifício. Cada fiel foi impulsionado a soltar na porta de casa pelo menos uma pistola. A manhã deste domingo, dia 10, foi de homenagens à Mãe de Jesus no Círio de Nossa Senhora de Nazaré, em Barcarena. A procissão saiu da comunidade São Pedro, no bairro novo, após uma missa presidida pelo bispo de Abaetetuba, Dom José Maria. A imagem foi colocada em sua berlinda ornada com flores em tons amarelos, por volta de 8h20.


Foto: Glauber Santos

A procissão ganhou as ruas da cidade e foi homenageada por moradores em suas casas, empresas e instituições. Faixas, balões, mesas com réplicas da imagem peregrina, mãos estendidas e lágrimas. A emoção falou mais alto naqueles que viam a berlinda passar. Na frente do cortejo, bandeiras de várias escolas da cidade. No carro dos anjos, muitas crianças vestidas de anjinhos, promessa de seus pais.


Foto: Glauber Santos

Autoridades compareceram no evento, como o prefeito Paulo Alcântara, o deputado Renato Ogawa e vereadores do município. Próximo ao Terminal Rodoviário, a corda foi cortada pelos guardas da santa e distribuída aos fiéis que disputavam cada pedaço. Pessoas com miniaturas de casas na cabeça, placas de vestibular, objetos de cera, descalças ou na corda, de qualquer forma os devotos queriam agradecer as graças alcançadas.


Foto: Glauber Santos

Este ano o círio teve como tema “Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!”. A igreja veio com a missão de conseguir recursos para construir sua nova Igreja Matriz, o Santuário Paroquial à Nossa Senhora de Nazaré. Segundo o Corpo de Bombeiros, pelo menos 25 mil pessoas acompanharam a procissão deste ano, que chegou em tempo recorde de 2 horas de procissão, chegando às 10h20 na Igreja Matriz, como uma boa ajuda àqueles que ainda iam fazer a segunda etapa do Enem 2019.


Foto: Glauber Santos

O primeiro Círio


O primeiro círio data de 1960. Segundo relatos populares, a devoção iniciou com a família do prefeito Frederico Vasconcelos que tinha um enorme zelo por Nossa Senhora de Nazaré. Naquele ano decidiram homenagear a santa com um cortejo que saiu de barco da Igreja de Sant’ana, no Cafezal, até o porto de Barcarena sede. A devoção foi crescendo e se expandindo com o crescimento de devotos até os dias atuais.


Confira os melhores momentos do círio



274 visualizações