• Jornal Barcarena

Barcarenenses criam time de Free Fire para diversão e competição pelo Pará


O jogo eletrônico Free Fire é uma febre entre amantes de videogames. Há até competições presenciais e online do jogo. Analisando esses campeonatos e disputas, um grupo de amigos de Barcarena decidiu criar o time “Barcarena E-Sports”, para representar a cidade.


Tudo começou neste ano de 2020. Um dos idealizadores é o Wanderson Machado, que explica como a ideia surgiu. “Em uma reunião, recebemos convites para campeonatos a nível estadual. Como vimos o desenvolvimento de vários jogadores e mais oportunidades chegando, decidimos investir nos jogadores de Barcarena para representação no cenário estadual”, disse.


Que tal fazer o monitoramento do seu veículo com uma empresa barcarenense?


Hoje a equipe é formada por 80 pessoas, entre homens e mulheres, com idades entre 16 a 40 anos. Esses jogadores treinam diariamente, interna e externamente com outras equipes convidadas.


Nicollas Adam integra o time instruindo os participantes. Para ele, o Free Fire está indo da diversão ao reconhecimento. “Estamos ganhando bastante reconhecimento no cenário competitivo atual no Pará. Estamos levando oportunidade para todos que desejam sair da diversão e entrar para essa área mais profissional”, disse.


E para quem pensa que jogos são só coisas de homens, Jane Siqueira prova que não. Ela integra a equipe feminina do Barcarena E-Sports, e diz gostar muito de fazer parte. “Gosto de jogar e acho bastante divertido quando jogo com os amigos. Gosto de estar no time. Me sinto importante”.



O joguinho é tão disputado, que tem até campeonatos de Free Fire. Equipes treinam duro para derrotar adversários e ganhar recompensas em dinheiro vivo. A nível nacional, há a Liga Brasileira de Free Fire – LBFF.


A nível estadual, há o Parazão, composto por várias divisões. De acordo com o desempenho das equipes, é possível crescer e almejar a série A.


Vários municípios contam com seus representantes, como: Castanhal, Moju, Igarapé Miri e Abaetetuba. Até os clubes do Remo, Paysandu e Tuna já aderiram.


Nesse tempo de coronavírus, o jogo é uma distração para as pessoas confinadas em suas casas. Além do jogo, o time barcarenense é conscientização, destaca Wanderson Machado.


“Em nossas publicações no Instagram nos preocupamos com o lado social, em conscientizar contra o coronavírus”, disse. Na rede social, eles indicam lavar as mãos, uso de álcool gel, evitar aglomeração etc.


Sobre o futuro, quando passar a pandemia, Wanderson ressalta bons planos para o Barcarena E-Sports. “Queremos fazer um campeonato do Baixo Tocantins, para reunir equipes de Belém, Igarapé Miri, Moju, Abaetetuba, algo legal com telões, DJ. Dar oportunidade também para quem trabalha com adereços, camisas, etc”.


Para quem desejar participar do time, o recrutamento ocorre através do Instagram do Barcarena E-Sports. Está aberto para participação de jogadores que tem experiência no competitivo ou que querem se aperfeiçoar no jogo.


O jogo


O Free Fire é um jogo eletrônico mobile de ação-aventura. Foi lançado para celulares Android e IOS em 2017. Consiste em cinquenta jogadores que caem de paraquedas em uma ilha em busca de armas e equipamentos.


O objetivo é matar os outros jogadores. É possível escolher a posição inicial, pegar armas e suprimentos para aumentar o tempo de vida na batalha.


Divulgue sua empresa/marca/negócio aqui. Ligue 991163489 ou 980102651

573 visualizações