• Jornal Barcarena

Barcarena terá Unidade de Triagem de Materiais Recicláveis no segundo semestre


As obras da primeira Unidade de Triagem de Materiais Recicláveis de Barcarena (UT) estão avançadas no município. Para sua operação, também já foram adquiridos os equipamentos de processamento dos resíduos sólidos, como prensas horizontais e verticais, esteiras de triagem, subestação de energia, empilhadeiras, moega separadora, triturador de papel e triturador de vidro, além de sistema de combate a incêndios. Os equipamentos estão sendo testados e vistoriados antes de entrarem em funcionamento. A UT terá capacidade para processar até 280 toneladas de materiais recicláveis por mês, oriundos da coleta seletiva que será implantada pela Prefeitura de Barcarena.



A iniciativa é parte da estratégia de desenvolvimento territorial da Hydro e visa dar suporte à gestão de resíduos sólidos de Barcarena. A companhia está investindo R$ 30 milhões na construção e aquisição de toda a infraestrutura necessária para o funcionamento da UT, como parte dos acordos firmados no Termo de Compromisso (TC), assinado entre a Hydro Alunorte e o Governo do Pará, em 2018. Após a conclusão das obras, a empresa doará a infraestrutura ao poder público competente, que será o responsável pela gestão e manutenção da unidade de triagem, cuja operação será feita por catadores de resíduos organizados em cooperativa.



A expectativa é que os materiais processados na UT atendam a demanda de empresas de reciclagem da região e dos municípios de Belém e Ananindeua, que concentram as principais recicladoras. Dados da indústria de reciclagem indicam que são movimentadas, mensalmente, cerca de 3,5 mil toneladas de papel e papelão, 1,5 mil toneladas de plásticos, 1,1 mil toneladas de alumínio (com um valor maior na comercialização) e 10 mil toneladas de ferro, sendo que a venda de plástico e de alumínio pelos catadores é a que garante maior faturamento aos trabalhadores.



“A unidade de triagem é uma iniciativa inédita na região, com um projeto estrutural e equipamentos completos, que responde a uma demanda prioritária do território. E deverá atender mais de 100 catadores de materiais recicláveis, que atualmente exercem suas atividades no depósito de lixo do Bom Futuro. A ideia é estimular que eles tenham independência financeira e assumam o protagonismo de suas trajetórias. Dessa forma, a Companhia incentiva o trabalho decente para todos e todas, em alinhamento aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU”, afirma Eduardo Figueiredo, diretor de Desenvolvimento Territorial da Hydro.



A UT de Barcarena será composta por galpão de triagem com esteiras automatizadas, galpões de prensagem e de estocagem de materiais, áreas de carregamento e descarregamento. Haverá também uma área administrativa com portaria, escritório, vestiários, cozinha e refeitório, salas de reunião e de treinamento, além de um espaço de convivência aos cooperados.


Por Ascom Hydro

Fotos: Ascom Hydro

55 visualizações0 comentário