• Jornal Barcarena

Alunos do curso de história da UFPA visitam patrimônios históricos de Barcarena


Três alunos e três professores do curso de história da Universidade Federal do Pará – UFPA, visitaram no dia 11 de janeiro, patrimônios históricos do município de Barcarena. O momento faz parte do projeto “História em museus” que é constituído por professores e alunos da Escola de Aplicação da UFPA e alunos da graduação da UFPA. É uma intervenção pedagógica com alunos do Ensino Fundamental II da Escola de Aplicação da UFPA.


O objetivo da visita foi conhecer e discutir o patrimônio em Barcarena ressaltando a sua importância e mostrar para os professores do município que não é necessário se deslocar para outro local para conhecer o patrimônio histórico, pois dentro de Barcarena existe um patrimônio muito rico e que deve ser visitado pela população e sobretudo por professores e alunos da educação básica.



Os visitantes conheceram o Centro Cultural, a igreja de São Francisco Xavier e a igreja de São João Batista. Dentre os visitantes, está o barcarenense José Inácio, de 25 anos, que relata como foi a experiência. “Ficamos muito felizes com a visita. Foi incrível saber que existe tanta coisa legal aqui no município que deve ser conhecida pela população”, disse.



A professora do curso de história da UFPA, Michelle Barros, também visitou a cidade, e disse estar encantada com o conteúdo histórico que tem Barcarena. “Foi uma ótima oportunidade para ampliar o conhecimento sobre o patrimônio jesuítico do nosso Estado e destacar a importância de preservação das Igrejas de São João Batista e São Francisco Xavier”, disse.


Já a aluna Clecilma Fiel, explica a importância da visita para sua carreira acadêmica. “A visita nestas igreja são importantes principalmente para se pensar a importância destes patrimônios para a história de Barcarena e do Estado do Pará. Soube que estão sendo realizadas intervenções nos prédios dessas igrejas a partir do envolvimento da comunidade", disse.



A estudante enxergou um grande acervo histórico no município que deve ser preservado pelo poder público. "Acredito que o poder público poderia contribuir com isto restaurando esses espaços visando assegurar a memória da fundação da cidade. Gostei muito de ter acesso às informações sobre a fundação de Barcarena, o festival do abacaxi, a riqueza musical da cidade e a história da baleira na Secretaria de Cultura”, disse.


Fotos: José Inácio

228 visualizações