• Jornal Barcarena

Ação do Outubro Rosa oferece vários serviços às mulheres de Barcarena


Foto: Glauber Santos

As mulheres de Barcarena puderam aproveitar a manhã do sábado, dia 26, como forma de se cuidar contra o câncer se mama. Uma programação especial ocorreu na Praça da Bíblia com vários serviços. Também teve um retoque na beleza para aquelas que queriam ficar mais bonitas ainda.

Vários estandes foram montados para palestras, vendas de produtos e oferta de serviços de saúde e de beleza. No palco música em bom som para se divertir com Edna Marques.



O Outubro Rosa começou em Barcarena com a idealização de Nora Cravo, que descobriu o câncer de mama e passou por vários procedimentos. A primeira caminhada foi em 30 de outubro de 2009. Mas este ano por conta de problemas de saúde e de recursos, decidiu pedir o apoio da prefeitura de Barcarena para a realização de uma ação com vários serviços para as mulheres.

Câncer de mama: a importância de realizar exames preventivos

O câncer de mama responde, atualmente, por cerca de 28% dos casos novos de câncer em mulheres. O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando menos de 1% do total de casos da doença. Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida, outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico. Para o ano de 2018, foram estimados 59.700 novos casos de câncer de mama no Brasil. 



O sintoma mais comum de câncer de mama é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor, duro e irregular, mas há tumores que são de consistência branda, globosos e bem definidos. Outros sinais de câncer de mama são: edema cutâneo (na pele), semelhante à casca de laranja; retração cutânea; dor; inversão do mamilo; hiperemia; descamação ou ulceração do mamilo; secreção papilar, especialmente quando é unilateral e espontânea. Na apresentação desses sintomas, um médico deve ser consultado para investigação do caso.

Com informações do Ministério da Saúde


Confira como foi esse momento





0 visualização